terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Divina Comédia - Scracho

E essa é a nossa música desde o começo, que você deu pra mim. Você Victor, que leu a Divina Comédia de Dante Alighieri, e dedicou a música e todo o seu sentimento junto. ♥ Te amo!


Divina Comédia
Scracho

Ah! Se você descobrisse
O que eu sinto por você
A vida faz sentido
Você me faz querer viver
Tudo que você pedisse
Iria buscar pra você
A lua, o mar e as estrelas
Mudo os meus planos pra poder te ver

Quanto tempo faz?
Não importa mais
Você é meu vicio
Assumo e digo mais
Nada teria valor
Se não tivesse ao meu lado você
Que me dá tudo que eu preciso
Com você eu faço do inferno o paraíso
Com você eu faço do inferno o paraíso

Ah! Se você me dissesse
Que não quer mais me ver
O meu corpo treme todo
Só de pensar em te perder
Mas eu não desanimaria
Mesmo que fosse me enlouquecer
Loucura maior seria
Aceitar viver sem você

Quanto tempo faz?
Não importa mais
Você é meu vicio
Assumo e digo mais
Nada teria valor
Se não tivesse ao meu lado você
Que me dá tudo que eu preciso
Com você eu faço do inferno o paraíso
Com você eu faço do inferno o paraíso

E assim como Dante por Bia por causa de seu sorriso
Eu sigo pro inferno e volto ao paraíso
Só pra poder te ver
Só pra te encontrar
A tua estrela é o que me guiará

O amor me move
Só por ele eu falo
Sem ter você o purgatório é o intervalo
Entre o céu e a Terra
Entre o ter e o não te ter
Não há distância que me faça te esquecer

Quanto tempo faz?
Não importa mais
Você é meu vicio
Assumo e digo mais
Meu reggae não teria valor
Se não tivesse ao meu lado você
Que me dá tudo que eu preciso
Com você eu faço do inferno o paraíso
Com você eu faço do inferno o paraíso



Alighieri, Dante - Divina Comédia


É uma das obras poéticas fundamentais da literatura mundial. Seu impacto sobre os contemporâneos de Dante foi enorme e quase imediato. Já no século XIV criavam-se em toda Itália cátedras especiais para interpretar seu conteúdo alegórico. A posteridade só conformou sua grandeza. 

Texto fundador da língua italiana, súmula da cosmovisão de toda uma época, monumento poético de rigor e beleza, obra magna da literatura universal. É fato que a 'Comédia' merece esses e muitos outros adjetivos de louvor, incluindo o 'divina' que Boccaccio lhe deu já no século XIV. Mas também é certo que, como bom clássico, este livro reserva a cada novo leitor a prazerosa surpresa de renascer revigorado, como vem fazendo de geração em geração há quase setecentos anos.
A longa jornada dantesca através do Inferno, Purgatório e Paraíso é aqui oferecida na íntegra — com seus mais de 14 mil decassílabos divididos em cem cantos e três partes — na rigorosa tradução de Italo Eugenio Mauro, vencedora do Prêmio Jabuti e celebrada por sua fidelidade à métrica e à rima originais. A edição traz ainda, como prefácio, um inspirado ensaio de Otto Maria Carpeaux. (Resenha do livro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário sobre isso é muito importante pra mim! Gostou?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...